SSP apresenta quadrilha de traficantes com 121 quilos de maconha


A Secretaria de Segurança Pública (SSP) apresentou, no fim da tarde desta terça-feira (26), quadrilha de traficantes responsável por abastecer a área do Parque Vitória, na Região Metropolitana de São Luís. Com o grupo, a polícia apreendeu 121 quilos de maconha prensada.

De acordo com o secretário de Estado de Segurança Pública, Aluísio Mendes, a droga é proveniente do Paraguai devido a alta concentração de pureza, o que possibilita ao usuário maior sensação alucinógena. “As características químicas da droga bem como o tipo de prensa usada e a embalagem batem com as mesmas produzidas no Paraguai. Este tipo de entorpecente causa um vício maior no dependente”, afirmou.

A prisão da quadrilha foi resultado de operação desencadeada pela Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), 7º DP, e policiais militares do 08º BPM.

Ao todo, nove pessoas foram presas em um sítio, localizado no Alto do Turu, nas proximidades do Parque Vitória. Além dos 102 tabletes de maconha prensada, pesando aproximadamente 121 quilos, foram apreendidos três veículos, sendo uma Tawene e duas motocicletas Titan 350, fruto de roubo; uma escopeta calibre 12 cano duplo; uma balança de precisão e 6 celulares.

Participaram também da coletiva, a delegada geral da Polícia Civil, Maria Cristina de Meneses, o superintendente da Capital, delegado Sebastião Uchoa, e o titular da DRFV, Paulo Hertel, entre outros gestores da SSP.

Presos

Foram Presos: Cristiano Braga de Sousa, 28 anos, morador da Via Local, 305, quadra 305, casa 10, Parque Vitória; Erivan Brito de Santana, 33 anos, residente da Rua da Fraternidade, casa 33, Vila Cruzado, Fialho; Walternilsom Almeida Martins, 26 anos, morador da Vila Local, 308, quadra 308, casa 5, Parque Vitória; Erickson Douglas Pires Brito, 18 anos, morador da Rua Nossa Senhora da Vitória, 5, Turu; Luís Fernando Silva Paixão, 45 anos; Joinvile dos Santos Melo, 21 anos; Jamilson dos Santos Galeiro, 28 anos; morador do Alto do Turu; Adenilton Pinheiro Costa, 29 anos, da Cidade Operária; e Hugo Dutra Bastos, 19 anos, do Recanto do Turu.

PM prende traficantes em Viana

ssp-artigo-03

Policiais Militares da 13ª Companhia Independente, sediada em Viana, em mais uma ação da operação Tráfico Zero, que vem sendo deflagrada na região da Baixada Maranhense efetuaram a prisão de dois envolvidos com o tráfico de entorpecentes. Elijael de Jesus Gomes, 22 anos, e Raimundo Wellington Sodré Rocha, 37, foram detidos segunda-feira (25).

A prisão ocorreu nas proximidades do estádio de futebol Daniel Filho, no Bairro Careca. Segundo informações policiais, o local funcionava como um ponto de venda de drogas.  

Com a dupla, os policiais encontraram 19 pedras de crack, R$ 483,00, joias, pulseiras e celulares. Para a Polícia, os produtos são entregues pelos usuários como pagamento de drogas.

Elijael e Raimundo foram encaminhados à 6ª Delegacia Regional em Viana, onde foram autuados em flagrante delito pelo delegado Rui Dourado, titular do 1º DP da cidade. Os dois permanecem detidos à disposição da Justiça.

 

 

 

 

Polícia desarticula duas quadrilhas de assalto a cargas que agiam na região Tocantina

quadrilha de

Duas ações policiais deflagradas no fim semana, resultaram na desarticulação de duas quadrilhas que agiam na região Tocantina, especializadas em assaltos a cargas. Nas ações, que ocorreram no sábado (23) e domingo (24), foram detidas nove pessoas.

Numa das ações, o Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança Pública (SSP), em conjunto com a 10ª Delegacia Regional e 3º BPM, ambos sediados em Imperatriz, e ainda com o apoio da Polícia Civil de Tocantins, desarticulou no último fim de semana uma quadrilha suspeita de envolvimento com roubo de cargas de cigarro. De acordo com a polícia, o bando é responsável por diversas ações criminosas no Maranhão e Goiás.

A quadrilha foi localizada em uma fazenda no município de São Miguel do Tocantins. No local foram presos Bernardo Alves de Sousa Junior, conhecido como "Júnior Potassa", considerado líder do bando; Gilberg Delfino de Sousa; Ildberg Delfino de Sousa, irmãos de "Júnior Potassa"; Gilvan Lopes dos Santos; João Batista da Silva Lima; José Luis Lima Neto e Pablo Carneiro Santos, todos maranhenses.

Segundo informações policiais, a quadrilha vinha sendo monitorada há algum tempo. A polícia descobriu ainda que o local onde o grupo foi detido, de propriedade de "Junior Potassa", era usado para esconder o material roubado.

Foram apreendidos quatro veículos, sendo uma caminhonete Ford f-250 branca, de placas MWL-7486; um Fiat Strada prata NVQ-6913; um Fiat Uno azul HPN-0447; e ainda um Gol, de cor preta, placas JVA-7596; diversas munições de calibre ponto 40, 9mm e 38; além da quantia de R$ 4.500. Os assaltantes e os objetos apreendidos foram encaminhados à Delegacia Regional de Augustinópolis (TO).

Todos os integrantes da quadrilha foram autuados em flagrante delito pelos crimes de formação de quadrilha e posse de munições de uso restrito. Eles permanecem detidos no estado de Tocantins à disposição da Justiça.

Segundo a polícia, três deles tinham mandados de prisão em aberto; Bernardo Alves, pelos crimes de roubo e homicídio; José Luís, por roubo e tráfico, e Pablo Carneiro, por roubo.

Outra ação

Em outra ação, também realizada pelo Serviço de Inteligência da Secretaria de Segurança (SSP), foi localizado um caminhão de cargas que transportava secos e molhados. O caminhão Ford cargo, de cor prata, de placas NIW-4309, da empresa J.Batista, havia sido roubado no Piauí, no último sábado (23). O veículo tinha como destino a cidade de Imperatriz.

O caminhão foi avistado às margens da BR-010, em frente ao posto de combustível Vale do Sol, na entrada da cidade de Imperatriz, no momento em que se realizava a retirada da carga para um veículo Gol, cor branca, com placas JTQ-6483.

Na abordagem policial, foram detidos Vandeilson Ferreira da Silva,de 26 anos, e Raimundo Nonato da Silva Sousa, 25, ambos naturais da cidade de Imperatriz. Após receber voz de prisão, a dupla foi conduzida à 10ª Delegacia Regional, em Imperatriz, onde foi autuada pelo crime de receptação pelo delegado Jeferson Serra. Vandeilson e Raimundo permanecem detidos na delegacia regional à disposição da Justiça.

Seic prende cinco pessoas e apreende explosivo em São Luis

Quadrilha de Assaltantes de Minas: Airton, Leandro Campos, Leonardo, Felipe e Junior

A Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic) efetuou a prisão de cinco pessoas, todas de Minas Gerais. Eles planejavam realizar ‘saidinhas bancarias’ e explodir caixas eletrônicos no Maranhão. O grupo foi apresentando, na tarde de segunda-feira (25), pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Aluisio Mendes, durante entrevista coletiva concedida à imprensa.

Segundo a polícia, o grupo responde por crimes em Minas Gerais e na Bahia. Foi presa no início da manhã em uma casa de luxo, localizada no Olho d’Água, próximo a praia. Os detidos são: Airton Amâncio de Araujo, de 37 anos; Leandro Gomes Brugger, 30; Felipe Mageste Martins Messias, 26 anos; Leonardo Costa de Souza, 27; Junior Teodoro de Oliveira, 21, todos naturais de Belo Horizonte.

No momento da prisão, dois deles apresentaram carteiras de identidade com nomes falsos, porém o crime foi descoberto pela Polícia. De acordo com informações policiais, o intuito dos criminosos era despistar a polícia, uma vez que havia mandados de prisão em aberto em Minas Gerais.

“Eles estavam, provavelmente, arquitetando ou explodir um banco ou realizar um assalto a alguma agência no interior do estado. Este é mais uma prova da Polícia do Maranhão para os criminosos que escolhem o Maranhão como rota do crime”, afirmou Aluisio Mendes.

Segundo o planejamento executado pelos investigadores do Departamento de Combate a Roubos a Instituições Financeiras (Dcrif), órgão ligado a Seic, as informações de que se tratava de um grupo especializado em saidinhas bancarias foi comprovado após dias de vigília e campana no local. A polícia descobriu que o grupo pagou dois meses antecipados de aluguel da residência no valor de R$ 3.500.

“Chegamos ao grupo após uma troca de informações com a Polícia Civil de outros estados. Tínhamos levantamentos que eles estavam vindo se instalar aqui no Maranhão. Com isso, começamos a montar campana e como esta noite cinco estavam no interior da casa deflagramos a operação”, explicou o superintendente Estadual de Investigações Criminais, delegado Augusto Barros.

Em poder do bando foi apreendido um cartucho de explosivo de nitropenta; cinco espoletas explosivas; três pistolas, sendo uma calibre 9 mm e outra calibre 380; uma porção de maconha e ainda três veículos, um Fiat Punto de placas GUA- 5950, um Hyundai KWA0 4046 e uma moto Honda 125 de placas- 6726.

“Já determinei que a Seic continue investigado se há participação do grupo em algum assalto a agência bancária no Maranhão e se eles estavam recebendo apoio logístico aqui em São Luis”, contou a delegada Geral de Polícia Civil, Maria Cristina Resende.

O grupo foi autuado pelos crimes de quadrilha ou bando armado; posse ilícita de artefato explosivo; uso de documentos falsos e receptação dolosa, sendo que este último se a Polícia comprovar que o roubo do veículo foi cometido pelo próprio grupo.

Presentes, também, na coletiva, o secretário-adjunto de Inteligência e Assuntos Estratégicos, Laércio Costa; o subdelegado geral, Marcos Afonso Junior; e o superintendente de Polícia civil da Capital, delegado Sebastião Uchoa.

Ação conjunta das Polícias prende suspeitos de assaltos em Barreirinhas

ssp-artigo-02

Uma ação de investigadores lotados nas delegacias de Rosário e Barreirinhas e da 7º Companhia Independente, também sediada em Rosário, culminou com prisão de duas pessoas suspeitas de envolvimento com assaltos e receptação em Barreirinhas e em municípios vizinhos.

Durante a primeira abordagem, na tarde de domingo (24), policiais da 7ª Companhia Independente de Rosário prenderam José Luís dos Santos, de 23 anos, suspeito de furtar uma residência no bairro Jardim Recreio.

Segundo a polícia, José Luis entrou na residência pelo basculante localizado no banheiro. Segundo informações da vítima, no momento da ação criminosa, ele estava em posse de um facão e subtraiu várias joias e pertences do interior da residência.

Após efetuar o roubo, o suspeito tentou empreender fuga, mas foi impedido por populares. De posse das informações, os militares da 7ª C.I foram acionados e efetuaram a prisão do assaltante. Ele foi levado para o distrito policial, onde foi autuado no artigo 157, por roubo, combinado com artigo 155, por furto qualificado. Ele permanece detido na Delegacia Regional de Rosário à disposição da Justiça.

Receptação

No sábado (23), investigadores da Delegacia de Barreirinhas efetuaram a prisão de João Batista Brito Cabral, de 28 anos, sob a acusação de receptação de veículo roubado.

Segundo informações policiais, após levantamentos, as equipes descobriram que o veículo Toyota bandeirante de placas LVG-6965 que foi roubado no mês de janeiro na cidade de Chapadinha estava em poder de João Batista. Ele foi preso no povoado Barra e estava ainda com peças do veículo.

João Batista após receber voz de prisão foi levado para a Delegacia Regional em Rosário, onde foi autuado no artigo 180 por receptação.

 

Operação policial “Vila Luizão pela Paz” prende seis pessoas

operação

Uma mega operação batizada de “Vila Luizão pela Paz”, deflagrada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP), na manhã desta segunda-feira (25) para combater o tráfico de drogas na região do Turu, Divinéia, Sol e Mar e Alonso Costa, deu cumprimento a seis mandados de busca e apreensão em diversos pontos.

“Vila Luizão pela Paz” faz parte das ações de pacificação na região da Divinéia/Vila Luizão. A partir desta terça-feira (26), as forças de Segurança estarão instaladas definitivamente na região com a primeira Unidade de Segurança Comunitária do Maranhão (USC-MA).

operação

“Avisamos aos traficantes que a polícia não vai permitir ações criminosas naquela área. Operações como esta, irão acontecer permanentemente a partir da inauguração da USC”, afirmou o secretário de Segurança Pública, Aluísio Mendes, durante a apresentação dos presos na sede da SSP.

Participaram dos trabalhos, investigadores da Delegacia Geral, Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), Departamento de Narcóticos (Denarc), 7º DP, e policiais do 8º BPM.

Na megaoperação, com participação das Polícias Civil e Militar, foram detidas seis pessoas envolvidas com tráfico de drogas, homicídios e roubos, além da apreensão de crack, veículos e uma grande quantia em dinheiro, oriundo da comercialização dos entorpecentes.

Foram presos Maria de Oliveira dos Anjos, 46 anos; Luciano Costa dos Anjos, 18 anos; e Thaíse dos Anjos Moraes, 21 anos. Todos são moradores da Rua Jaú, nº, 33 bairro Divinéia, em São Luís, local onde foi encontrada a droga.

Também foi detido, George Veras, 25 anos, conhecido como “Omega”, que já foi preso por tráfico de drogas e estava em liberdade há aproximadamente 20 dias; além de Marcelo Teixeira Macedo, o “Marcelo da Barragem”, suspeito de ter cometido o homicídio que vitimou Renato Ferreira Silva, no dia 3 de março do ano passado e de uma tentativa de homicídio contra o adolescente Joerbete Carlos da Silva Ribeiro. Foi preso ainda Brayan Corrêa dos Santos, 20 anos, suspeito de praticar uma tentativa de homicídio contra um segurança numa Festa de Carnaval.

Foram apreendidos com eles, aproximadamente 1kg de crack em barra; sete celulares; um veículo Cross Fox de cor amarela e placas HQD – 8432; 96 pedras de crack; e a quantia de R$ 2.716,50.