Decop investiga homicídio de duas mulheres na área da Cidade Operária

ssp-artigo-04

A Delegacia de Polícia Civil da Cidade Operária (Decop) está investigando dois homicídios ocorridos, na terça-feira (19), e na madrugada desta quarta-feira (20). Em ambos os casos, as vítimas são mulheres.

Na tarde de ontem foi morta a pauladas, Marilza Marreiros de Almeida, 17 anos, segundo informações da Polícia, pelo próprio irmão, um adolescente de 15 anos.

O crime ocorreu na residência deles, na Rua Nova, nº 10, Bairro Santa Efigênia. Eles estavam morando nesse local há apenas uma semana. O companheiro da vítima não estava no local no momento do crime. Ela tinha uma filha recém-nascida.

Em depoimento, o adolescente disse ter cometido o ato infracional, por que a irmã batia nele quando o ensinava. Segundo informações, ele seria usuário de drogas. O adolescente foi apreendido e encaminhado à Delegacia do Adolescente Infrator (DAI), onde permanece à disposição da Justiça.

O outro homicídio ocorreu na madrugada desta quarta-feira (20), na Alameda Ribamar, Quadra 45, nº 17, Bairro Jardim Tropical. A vítima, Waldiléia de Jesus Martins Cruz, 17 anos, foi morta com golpes de faca, pelo ex-companheiro, Ranierison Lopes Costa, 20 anos.

De acordo com informações repassadas pela delegada Ana Cláudia Rosa Silva dos Santos, a vítima é natural de Viana e estava hospedada na residência da tia, local onde ocorreu o crime, desde que se separou no final de janeiro deste ano.

Segundo a Polícia, Ranierison Lopes Costa foi ontem à tarde à casa da tia de Waldiléia, e quando chegou ao local avistou a ex-mulher com outro namorado. No final da noite ele retornou à residência e cometeu o delito. Os dois tinham dois filhos. A polícia está em busca de informações que levem ao paradeiro do homicida.

Batalhão de Choque da PM prende traficante na Alemanha

ssp-artigo-03

Em incursões realizadas na Operação Tornado, o Esquadrão Águia do Batalhão de Choque da Polícia Militar efetuou a prisão de Isaías Ferreira Lisboa, 29 anos. A prisão ocorreu, no final da tarde de terça-feira (19), na Travessa Renato Viana, na Ivar Saldanha.

Em posse de denúncias da movimentação de drogas nas proximidades da escola Sesi, na Alemanha, a guarnição do Choque se deslocou ao local. Durante revistas, abordaram Isaías que estava com 21 petecas de crack, prontas para comercialização e a quantia de R$ 41,00.

Após a prisão ele foi conduzido para o Plantão Central da Reffsa, onde foi autuado pelo crime de tráfico de entorpecentes. Logo após os procedimentos, Isaías Ferreira Lisboa foi conduzido para o Centro de Triagem, em Pedrinhas.

Polícia Militar prende dupla com 1 quilo de crack

ssp-artigo-02

Policiais militares prenderam, na terça-feira (19), por volta das 18h, horas, Aldeci Costa Lindoso (33) e Fabiano Alves Monteiro (26), por tráfico de drogas.  A prisão ocorreu na estrada de Ribamar, próximo ao Liceu Ribamarense. A dupla estava em uma moto, Honda Fan 125, cor vermelha, placas NWT 7633. Eles apresentaram atitude suspeita e foram abordados por policiais militares.

Com eles, os policiais apreenderam 1 pedra de crack, de aproximadamente 1 Kg, em um saco escondido na bermuda de Aldeci e a quantia de R$ 100,00. Os dois foram conduzidos ao Plantão do Cohatrac e autuados em flagrante delito pelo delegado plantonista, Antônio Albuquerque Leal.

Aldeci Costa Lindoso e Fabiano Alves Monteiro conduzidos ao Centro de Triagem, em Pedrinhas, onde permanecem à disposição da Justiça. De acordo com informações do delegado Pauliran Pereira de Moura, titular da delegacia de São José de Ribamar, Fabiano é reincidente no crime de tráfico.

Ações do Detran, PRF e PMMA reduzem acidentes nas rodovias durante o Carnaval

ssp-artigo-03

O diretor Geral do Departamento de Trânsito do Maranhão, André Campos, avaliou de forma positiva a redução de 66% dos acidentes fatais nas rodovias federais do Maranhão, durante o período carnavalesco. O levantamento foi feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), no Maranhão, que atuou fiscalizando e autuando os motoristas ao longo das festas carnavalescas, em parceria com o Departamento de Trânsito, nas saídas da capital.

“Todos nós, participantes do sistema de trânsito, temos responsabilidade na diminuição de conflitos e acidentes de trânsito. Os papéis dos indivíduos no trânsito não são estáticos. Todos devem estar conscientes de seus direitos e deveres e agir de modo menos egoísta para tornar o trânsito mais humanizado. Os educadores de trânsito são responsáveis por ensinar regras de bom comportamento no trânsito e as forças policiais atuam no sentido de punir os motoristas infratores que por ventura desrespeitam o Código de Trânsito”, destacou André Campos.

A combinação fiscalização e educação, a nova lei seca, que passou a ser mais rígida, e as próprias formas de comprovação da infração e do crime pelo agente de trânsito foram fatores fundamentais para essa redução nacional e estadual no número de acidente.

Em todo o Maranhão, foram feitos mais de 700 testes de alcoolemia, que resultaram em 60 autuações de lei seca, mais de 300 autos de infração de trânsito e 36 prisões. Foram mais de 5.000 veículos fiscalizados e um acréscimo de 244% em relação a 2012, no número de ocorrências de embriaguez ao volante de acordo com dados da PRF e da Polícia Militar do Maranhão (PMMA).

No ranking de acidentes de trânsito, por número de mortes, o Maranhão ficou na 12ª posição entre os estados brasileiros. Em todo o país ocorreram 3.149 acidentes nas rodovias federais, com 1.793 feridos e 157 mortes. Em Roraima, Rondônia, Acre, Amazonas e no Ceará não foi computado nenhum óbito pela PRF durante os dias de folia.

Durante a operação Carnaval em todo o país houve uma redução de 18% no número de mortes em todo o país, enquanto que no Maranhão esse índice foi de 66%. Essa foi a maior redução dos últimos 10 anos no país, fato que merece ser destacado.

Paralelo as ações nas ruas, o Departamento de Trânsito do Maranhão (Detran-MA), por meio da educação para o trânsito, iniciará em março as atividades dos projetos Detran nas Escolas e Escolas no Detran, que será também ampliado para as universidades. “É fundamental que todos nós, ao exercermos nossos papéis no trânsito, sigamos as normas, cobrando nossos direitos e cumprindo nossos deveres, sendo cidadãos educados e nos colocando como figuras de especial importância para um trânsito mais seguro”, enfatizou o diretor geral do Detran/MA.

 

 

 

 

Governadora Roseana assegura à presidenta Dilma recursos para bancar extensão do Bolsa Família no Maranhão

Foto 1 Bolsa familia Brasilia Roseana e Dilma foto Roberto Stuckert Filho PR

A governadora Roseana Sarney enviou telegrama à presidenta da República, Dilma Rousseff, apoiando a expansão e garantindo aporte para a complementação de renda do Programa Bolsa Família, que foi anunciada em cerimônia, nesta terça-feira (19), em Brasília. Os recursos estão assegurados por meio da concessão de créditos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), somando o valor de R$ 500 milhões que serão aplicados em uma gama de ações destinadas a superação da extrema pobreza no Maranhão, até o ano de 2014.

“Trabalhamos alinhados com o Governo Federal e essa medida vem ao encontro de uma série de ações que estão sendo implementadas pelo Governo do Maranhão para o combate e superação da extrema pobreza no estado. O Maranhão não poderia ficar de fora”, afirmou a governadora, ressaltando que essas iniciativas compreendem qualificação profissional, assistência técnica e extensão rural, fomento à produção, além do acesso a bens e serviços públicos, em especial, nas áreas de saúde, educação, habitação, acesso à água e à energia elétrica.

No Maranhão, estão no grupo de beneficiados crianças, jovens, gestantes, nutrizes e idosos. Em todo o Brasil, a medida do Governo Federal pretende atingir 2,5 milhões de famílias beneficiárias que ainda permanecem em situação de extrema pobreza. Com a extensão do programa, não haverá mais famílias com renda mensal inferior a R$ 70,00/pessoa.

Solenidade

O secretário de Estado do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, Fernando Fialho, representou a governadora Roseana Sarney na cerimônia, em Brasília (DF). Na ocasião, a presidenta Dilma Rousseff, ao lado da ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza, Tereza Campello, fez o anúncio da extensão da complementação de renda do Programa Bolsa Família.

A governadora destacou que o Governo do Maranhão vem trabalhando em perfeita harmonia e sintonia com os governos federal e municipais, com objetivo de criar uma rede de proteção social para o propósito da superação da extrema pobreza. Ela citou como exemplo a recente oficina realizada com os novos gestores municipais para intensificar, no Maranhão, a localização e a inscrição de todas as famílias pobres e extremamente pobres que não acessaram os programas sociais.

Roseana Sarney destacou que entre as inúmeras iniciativas a serem implementadas, estão a implantação de 100 Centros de Referência de Assistência Social (CRAS); qualificação de equipes municipais para o Busca Ativa, que consiste na identificação e localização das famílias em situação de vulnerabilidade para assegurar a elas acesso aos benefícios dos programas sociais dos governos federal e do Estado;  além de aquisição de recursos tecnológicos (computadores) e motos para agilizar e facilitar os trabalhos das equipes nos municípios no Busca Ativa.

Cadastro Único

O Cadastro Único é um banco de dados com informações das famílias brasileiras mais vulneráveis. É utilizado por mais de 15 programas sociais do Governo Federal, como o “Minha Casa, Minha Vida” e “Tarifa Social de Energia Elétrica”.

Só no ano passado, o serviço de Busca Ativa, que é coordenado no Maranhão pela Secretaria do Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), ao realizar a busca de famílias para atualização cadastral do CadÚnico com relação ao programa Tarifa Social de Energia Elétrica, trouxe de volta para o Viva Luz, programa social do Governo do Estado, cerca de 61 mil famílias maranhenses, que estavam sem acessar o benefício do desconto na tarifa de luz por causa de problemas de documentação.

Polinter prende foragido da Justiça

polinter-prende-foragido-justica

Resultado de mais um trabalho de investigadores da Polícia Interestadual (Polinter), um mandado de prisão por sentença condenatória foi cumprindo na Região Metropolitana. Antônio Campos Sousa Lima, 40 anos, acusado de crime de cometer diversos furtos em São Luis, foi preso na noite de segunda-feira (18) enquanto tentava registrar um Boletim de Ocorrência no Plantão da Reffsa.

Em menos de 24 horas, este é o segundo mandado de prisão cumprindo pelos investigadores da Polinter. Na segunda-feira, a mesma equipe policial prendeu Alessandro Serra Macedo, também, suspeito de cometer furtos na região Metropolitana de São Luis.

De acordo com informações da Polícia, Antonio Campos teria se deslocado ao distrito policial e ao informar seu nome, o plantonista em uma consulta ao sistema Infoseg descobriu a ordem judicial em desfavor de Antonio Campos. Informações do Disque- Denúncia (32235800) também indicaram que o foragido se encontrava no Plantão da Reffesa.

Antonio Campos após receber voz de prisão foi encaminhado para o Centro de Triagem, em Pedrinhas, onde permanecerá detido à disposição da Justiça. Ele havia sido condenado pela 4ª Vara Criminal da capital,  a 4 anos e 6 meses de reclusão.